Computador para Fotógrafos
Photo by Karolina Grabowska on <a href="https://www.pexels.com/photo/person-using-a-computer-and-holding-a-credit-card-and-receipts-4968390/" rel="nofollow">Pexels.com</a>

Computador para Fotógrafos

Que Computador para Fotógrafos é o mais adequado para trabalhar com imagens? Já vi muitas pessoas perguntarem qual o equipamento adequado para a fotografia. Assim, resolvi elaborar este texto como guia…

Antes de mais nada, este texto foi realizado em novembro de 2018. Como os preços variam muito…. tudo pode estar desatualizado. Depois, os preços foram tirados tendo como base revendedores do MercadoLivre. Espere ao menos 10%, muitas vezes até 30%, mais caro se for comprar em uma loja o computador montado.

O Computador para Fotógrafos:

Para montar o Computador para Fotógrafos (desktop ou notebook), você precisará, em ordem de importância:

  1. O Básico – R$ 610,00.
  2. Monitor IPS Full Hd – R$ 800,00
  3. Memória RAM: 16Gb recomendado. – R$ 850,00
  4. HD SSD 128Gb mínimo com 2Tb extra. R$ 550,00
  5. Processador Intel I5 – R$ 1.600,00
  6. Placa Mãe: R$ 500,00
  7. Placa de Vídeo 1050ti (2Gb DDR 5) – R$ 750,00

TOTAL: R$ 5.660,00.

Esse valor é aproximado!

Sim, é caro. No entanto, lembre-se que você pode começar “por baixo” e ir melhorando aos poucos. Assim, você pode comprar uma configuração bem inferir e utilizar esta matéria como guia para ir decidindo onde e como melhorar seu sistema. Ao final, dou exemplos de como baratear.

Mesmo notebooks podem ser vendidos e comprados, fazendo um upgrade. Não tenha medo de comprar e vender notebooks usados… Apenas tenha uma forma de garantia no ato da compra.

As partes de um PC:

1.      Gabinete, fonte, etc…

Claro que primeiramente precisamos do gabinete, da fonte, etc… Esses itens são acessórios, e não diferenciam no trabalho.

Apenas se lembre que a fonte é o que dá vida ao computador. Assim, é item essencial. Compre no mínimo uma de 500W real (R$ 300,00).

Assim, o total dos itens iniciais é:

  • Gabinete: R$ 100,00
  • Fonte: R$ 300,00
  • Estabilizador: R$ 100,00
  • Mouse: R$ 50,00
  • Teclado: R$ 50,00
  • Cabos: R$ 10,00

Com esses acessórios, você deverá gastar cerca de R$ 610,00.

2.      Tela:

Não preciso dizer que, para edição de fotografia profissional, o mais importante é a… TELA! Sem uma boa tela, não é possível ver as cores das imagens com fidelidade. Assim, o Lightroom perde sua principal função. As imagens editadas por você saem ruins em outras boas telas e você passa a ser visto como mau fotógrafo.

A tela recomendada deve ser, no mínimo, IPS Full HD. Marca não é realmente importante. Hoje em dia há monitores 4K, de altíssima qualidade… Mas esse é um alto investimento para iniciantes e, se você está perguntando qual PC comprar, então não te aconselho a comprar um 4K, pois você ainda não chegou lá… Rs.

O monitor que eu uso é o LG UM57-P, 25”, ultra wide. Gosto muito dele. Sua ampla área lateral permite uma boa visualização de fotos deitadas e o uso do monitor com dois programas ao mesmo tempo. Mas, ele é “baixo” (o que, para mim, é bom, pois cabe em minha mesa), o que dificulta um pouco amplas imagens em pé. Custa R$ 1.000,00. No entanto, há bons monitores IPS Full Hd que custam cerca de 600 ou 700 reais. Assim, não se prenda a marcas ou modelos…

Portanto, o primeiro investimento que deve fazer é no MONITOR!

3.      Memória RAM

Memória mede a capacidade do computador de guardar informações. Fotos possuem 20Mb cada de informação, assim, porque eu precisaria de muita RAM? Bom, em meu PC, o Lightroom solicita, em média, 1.8GbRAM, o Photosop mais 1.2Gb de RAM. O sistema operacional precisa de no mínimo mais 2.0 Gb de RAM. Total… 6Gb de RAM. Esse é o mínimo para funcionar.

No entanto, eu indico que o mínimo é 8Gb. Menos que isso, o sistema começa a ficar muito lento… Trabalhando em meu PC agora, com Windows 10 64bits Pro, Microsoft Outlook aberto, Chrome, Internet Explorer, Lightroom e Photoshop, o sistema está “consumindo” 9,6Gb de RAM. Fechando tudo, deixando só Lightroom e Photoshop abertos, 7,6Gb de RAM.

Ocorre que, quando falta memória, o sistema operacional usa o HD como se fosse memória RAM, o que é ótimo. Mas, o HD é de 300 a 700 vezes mais lento! Imagine, o que poderia fazer em um segundo, levaria 10 minutos…

Por isso, indico 8Gb RAM mínimo, e isso sabendo que, para trabalhar, deverá fechar tudo! E, recomendo 12Gb, sendo ideal 16Gb de RAM.

8Gb de RAM custa, em média, R$ 500,00; e 16Gb de RAM, em média, R$ 850,00. Portanto, este é um item que fará muita diferença, sem custar muito.

4.      HD

Enquanto a RAM é a memória que o computador usa para o trabalho que está executando, o HD é seu livro. Assim, quando o Lightroom lê uma foto, ele basicamente joga do HD para a memória RAM essa foto.

Antes mesmo de continuar, preciso avisar da importância de se ter um backup de suas fotos. HDs falham e é muito comum ver profissionais que perderam todo o trabalho de sua vida por confiar na máquina.

Um HD SSD é 22 vezes mais rápido que um HD “normal”. Assim, um trabalho que poderia fazer em um minuto, pode levar meia hora para ser feito… No entanto, essa diferença só é sentida quando você tem que “ler” muitas fotos diferentes, ou na inicialização do sistema operacional/programas.

Assim, o SSD significará um ganho de tempo aproximado de uma hora, em média, num fluxo de trabalho de um dia (por exemplo, escolha de um book de 40 fotos, com edição, de 800 fotos tiradas, em 8h de trabalho intenso). É um bom ganho, mas não essencial, não se você tiver 16Gb de memória RAM, que é o que recomendo.

Ocorre que, se você tiver apenas 8Gb de RAM, um pouco de SWAP (uso do HD como se fosse RAM) sempre ocorre, e o sistema fica mais lento… Assim, a troca de um HD por um SSD pode significar uma economia de tempo de até 100% (metade do tempo)!

Pela minha experiência, 128Gb de SSD já bastam, se o objetivo for somente edição de fotos. O custo do SSD é de R$ 200,00.  1 HD de 2Tb mais R$ 350,00. É possível tirar o leitor/gravador de CD de um notebook e manter 2 HDs nele! Recomendo imensamente isso como configuração mínima.

No entanto, ao meu ver, a configuração recomendada é 1 SSD 256Gb e 3 HDs de 2Tb cada montados em RAID 5. O custo seria de R$ 500,00 para o SSD mais R$ 1.050,00 para os HDs, totalizando R$ 1.550,00.

5.      Processador

Este é o 4º, isso mesmo, 4º item da minha lista!!! Todos os outros são mais importantes! Isso porque, sem ver o que está fazendo, ou sem uma maneira para jogar informação ao processador, esse tende a ser sub-utilizado.

Para PCs Windows, recomendo o I5. O I3 possui um desempenho muito inferior, e seu preço não é tão menor. Com um I7 você terá um ganho de até 30% no processamento da imagem. Mas, ao final do fluxo de trabalho, diria que a diferença seria de apenas 30 minutos num dia de trabalho intenso… Assim, apesar de fazer uma diferença, não chego a dizer que é essencial. Com tudo isso em mente, recomendo o I5 de 6ª geração.

Mas, porquê a diferença do i5 para o i7 é pequena? Os processadores i5 e i7 possuem essencialmente a mesma velocidade de processamento. No entanto, o i7 possui o dobro de núcleos, dobrando a velocidade de multiprocessamento. Ocorre que a edição de fotos é, normalmente, um processo linear, em que não se usam todos os núcleos do processador i7. Os núcleos extras fariam diferença na importação e na exportação da imagem, basicamente. Assim, todo esse poder de processamento seria, no dia a dia, um pouco subutilizado. É por isso que recomendo o i5, não p i7.

Mas, se você tem um PC antigo, com Core 2 Duo, ainda pode trabalhar com fotografias!

Lembre-se, se você está começando e não tem muito dinheiro, e procura o melhor custo/benefício, minha dica é: Intel I5 de 5ª geração. Mas, aqui, darei o preço do Intel i5 de 7ª geração.

Custo médio: R$ 1.600,00

7.      Placa Mãe

As placas mães mais baratas custam cerca de R$ 500,00. As mais caras permitem RAID 5, Turbo Boost e vídeo em paralelo e podem custar até R$ 2.500,00.  No entanto, para serviços de fotografia as mais básicas são mais do que o suficientes. Assim, vou aqui indicar uma de R$ 400,00 em média. Mas, de novo, não se preocupe muito: se ela for de boa marca (ASUS, INTEL, etc…) ela servirá. As funcionalidades extras são normalmente importantes apenas para gammers e afetam pouco o trabalho de edição fotográfica e o RAID 5 pode ser montado até pelo sistema operacional.

É importante verificar se a placa mãe:

  • É compatível com o processador (com a geração do processador);
  • É compatível com a placa de vídeo;
  • Pode ter 16Gb de memória RAM DDR 4.

Valor: R$ 500,00 (básica para i5 7600k – 7ª geração do i5)

6.      Placa de Vídeo

Fotografia não usa placa de vídeo, que é um item que, basicamente, renderiza imagens em 3D. Assim, esse é o último item da minha lista… Na minha opinião, acessórios como um ou dois HDs extras para backup ou uma mesa digitalizadora seriam mais importantes que a placa de vídeo, isso porque a configuração recomendada aqui já possui placa de vídeo onboard.

No entanto, o fato é que os programas realmente usam placas de vídeo para acelerar várias tarefas, como mostrar a imagem na tela e alterar as cores nos ajustes. Assim, a placa de vídeo realmente faz diferença.

Caso queira comprar uma placa de vídeo (item de primeira necessidade para um bom joguinho também!, rs), recomendo no mínimo uma DDR 5 de 2Gb de RAM. Comprar menos que isso seria, na minha opinião, desperdício de dinheiro (melhor ficar com o processador de vídeo interno, da placa mãe), pois o ganho seria pequeno ao final da produção (alguns minutos).

No entanto, se seu PC for antigo, ele pode vir sem uma boa placa de vídeo acelerada interna onboard… Aí, ela pode fazer uma diferença bem maior.

Como a Placa de Vídeo é realmente necessária e faz uma boa diferença, a que mais recomendaria para edição de fotos em termos de custo benefício seria a 1050ti. O preço dela é de R$ 750,00.

Placas mais baratas podem ser adquiridas (contanto que sejam DDR5 2gb). Placas mais caras terão uma diferença menos visível para edição de fotos (mas, podem permitir um bom joguinho em resolução 4k!).

Custo médio: R$ 750,00.

PC ou MAC?

Eu recomendo o PC por seu custo benefício. Mas, essa é uma boa pergunta e temos muitos fotógrafos amantes do MAC. Nunca tive um MAC, mas tenho conhecimento teórico para apontar as seguintes diferenças:

  1. MAC é um sistema fechado. Assim, você não terá muitas opções de programas e jogos. No entanto, por isso, é um sistema mais estável (não vai ficando tão lento com o tempo). MAC é utilizado para fotografias há mais tempo que PC, e terá todos os programas que precisa: Photoshop, Lightroom, Corel… Mas, será muito mais difícil instalar programas piratas. Lembre-se, pirataria é crime!
  2. MAC é mais caro. Mas é uma marca internacionalmente reconhecida e quem tem um MAC diz que adora!
  3. MAC não é melhor nem mais rápido que um PC! Isso é lenda originada, principalmente, no fato de que o MAC costuma vir com a configuração recomendável de fábrica, ou seja, já vir com uma ótima configuração (e por isso custa tão caro… ). Mas, o Windows tende sim a ficar mais lento e menos estável com o tempo, principalmente porque temos a tendência de instalar vários programas nele… e porque o sistema operacional é atualizado sem atualizarmos a máquina.

PC de Mesa ou Notebook?

Tenha em mente que:

  1. PC de Mesa é mais eficiente (mais rápido) e mais barato. Assim, é melhor que notebook, sempre. Mas, a diferença de preço, hoje em dia, não é tão significativa quanto já foi um dia, nem a diferença na velocidade de processamento.
  2. Notebook é portátil! Mas, não dá para fazer upgrade no notebook.
  3. Notebook é a primeira escolha de muitos. Mas, lembre-se que você terá de: comprar uma tela extra, um HD (provavelmente SSD) extra e talvez memória extra… Além de pagar para um profissional para instalar os dois HDs, retirando o drive de DVD. Cuidado com os custos.
  4. A tela do Notebook não presta. Sério. Não a use para editar fotos. Notebooks com tela IPS de última geração podem até servir, mas, mesmo assim, um monitor externo é melhor.

Assim, a escolha é simples: quer levar o computador para algum lugar? Não tenha medo, compre um notebook. Ele vai dar conta do trabalho e pode ser usado como um Desktop (com mouse, teclado e monitor externos). Vai trabalhar somente no escritório? Nem pense, compre um PC!

Como baratear?

Comprando um computador usado, para começar. Mas, além disso, dou as seguintes dicas para que você barateie o custo inicial:

  1. O Básico – Compre um gabinete usado, mouses e teclados padrões. Mas, não economize na fonte. O total pode sair por apenas 300 reais!
  2. Monitor IPS Full Hd – R$ 800,00 – Para edição de fotos, este item é essencial. A única forma de baratear é comprando um monitor usado, que pode custar somente uns 500,00.
  3. Memória RAM: Pode-se instalar apenas 8gb de RAM. Como vimos, não é o ideal mas é o suficiente.
  4. HD: Comece com apenas um HD de 1tb. Assim que puder, compre o SSD. Ou, se puder investir um pouco a mais, comece com um SSD de 128gb e um HD externo de 1tb. Mas, cuidado: sempre faça backup de suas imagens em outro lugar! Uso a nuvem (OneDrive) para isso.
  5. Processador e Placa Mãe – Compre um i5 de 3ª geração. Não recomendo anterior.
  6. Placa de Vídeo: compre uma usada antiga, DDR 5 2gb.

Desse modo, o investimento inicial pode ser reduzido e o equipamento melhorado aos poucos depois.

Espero ter ajudado! Abraços:

Alberto Campos

Close Menu